Como fazer pipoca de microondas

Oi gente, tudo bem?

Aqui é a Suzana, designer desse yumm maravilhoso de meu Deus e tô finalmente estreiando o blog com um post meu! Achei melhor me apresentar porque pra compartilhar receita, tem que ter esse toque pessoal, vocês não acham?

Primeiramente, vou dizer que essa receita me surpreendeu. Porque tenho que confesssar o meu preconceito com comida preparada nesse fogão dos tempos modernos, o microondas. Eu acho que tudo fica muito mais gostoso quando preparado do modo tradicional, o fogão a lenha. Mentira, seria ótimo ter um em casa (espaço pra isso também), mas o nosso fogãozinho à gás de todo dia mesmo está de bom tamanho.

O ponto positivo que eu vejo no micro é que às vezes não tem coisa melhor que praticidade, que é o que essa tecnologia nos oferece.

E praticidade é o nome dessa receita que, ao contrário da pipoca de panela, não é necessário ficar mexendo o recipiente enquanto o milho estoura. E tem o plus que é bem saudável, porque ao invés de óleo, vai apenas água.

Taí umas fotos dessa maravilha saindo do micro, pra te deixar com vontate:

micro1

pipoca1

Bora lá, gente? Só pra avisar que a receita é baseada na do blog Panelaterapia, da Tatiana Romano. Se você preferir ver o passo-a-passo direto lá, é só clicar aqui. Não vou ficar com ciúmes, prometo.

COMO FAZER PIPOCA DE MICROONDAS


Você vai precisar de:

  • 5 colheres de sopa de milho (equivale à quase 1/2 xícara)
  • 5 colheres de sopa de água
  • Sal a gosto
  • Um recipiente grande que possa ser levado ao microondas
  • Plástico-filme

Modo de preparo:

  1. Coloque o milho e a água no recipiente e misture
  2. Vede bem com plástico-filme e faça 4 furinhos com a ponta de uma faca ou tesoura bem afiada
  3. A receita recomenda você levar ao microondas na potência máxima por 4 minutos, mas no meu caso tive que acrescentar mais 2 minutos, porque o milho só começou a estourar no fim. A Tatiana fez essa observação e vale a pena você fazer esse teste também, porque geralmente as potências variam muito de microondas pra microondas, mas é tranquilo! Depois do primeiro teste, você já sabe direitinho o que fazer nas próximas vezes : )

♥ Dicas ♥

  • É mais recomendável usar um recipiente de vidro, pra não correr o risco do filme soltar das laterais, mas como não tenho nenhum grande nesse material, usei o de plástico e deu certo também (mas tenha certeza que é de bom material, o meu ficou com algumas marcas do grão de milho no fundo). Se você olhar na receita original, ela usou um pote de vidro bem menor que o meu e aí acho que fica realmente mais fácil as pipocas fazerem aquela forcinha no plástico e acabarem saindo.
  • Se a potência do seu micro é quase de raiolaser do Superman, assim que você perceber que o barulho de estouro tá com bastante intervalo, desligue. Senão sua pipoca pode queimar!

Resultado: pipocas sem óleo, crocantes como devem ser e muito saborosas como as de panela. Mozão provou e até ousou dizer que preferiu essas.

Espero que vocês testem também e compartilhem conosco as fotos! E tem alguma receita de pipoca que é sucesso aí na casa de vocês? Não deixe de compartilhar também!

Beijos e bom apetite!

Anúncios